Marketplace: a melhor ferramenta para vender mais no Facebook

O Facebook Marketplace permite que os usuários descubram, comprem e vendam produtos novos e usados dentro da própria rede social. O recurso pode fazer diferença para quem já compra e vende na rede social, além de ser uma nova oportunidade para você que quer aumentar as vendas do seu negócio.

Facebook Marketplace: a melhor ferramenta para vender mais no Facebook

Em janeiro deste ano, o Facebook anunciou a chegada de um novo recurso no Brasil. O Facebook Marketplace, que foi criado em 2016 e já existe em outros 47 países, permite que os usuários descubram, comprem e vendam produtos novos e usados dentro da própria rede social. É uma opção para os mais de 550 milhões de usuários que visitam grupos de compra e venda no Facebook todo mês. Essa ferramenta acabou por centralizar e organizar de forma bastante intuitiva esse comércio realizado nas comunidades locais do Facebook, além de se tornar um concorrente de sites especializados como a OLX, o Mercado Livre e o Zip Anúncios, por exemplo. O recurso ainda não conseguiu superar a concorrência, como o próprio Facebook fez com o Orkut e o My Space e o Instagram Stories fez com o Snapchat. Mas, pode fazer diferença para quem já compra e vende na rede social, além de ser uma nova oportunidade para você que quer aumentar as vendas do seu negócio.

Mas, como usar o Facebook Marketplace?

Antes de responder essa pergunta, você precisa saber onde fica esse recurso. Se você está acessando o aplicativo do Facebook, vai encontrar a aba de compras e vendas no menu superior, ao lado dos ícones de pesquisa de vídeos e de notificações. Mas, se você está acessando essa rede social pelo desktop, vai encontrar o Marketplace no canto superior esquerdo, embaixo dos botões do Feed de Notícias e do Messenger.

Agora que você já sabe onde fica a ferramenta, pode usá-la à vontade. Caso você queira realizar uma compra, pode entrar nela e digitar o nome do produto no campo de busca. Você ainda pode filtrar os seus resultados por localização, categoria e faixa de preço. Caso tenha gostado de um item, mas deseje negociar o preço com o vendedor ou não possa comprá-lo naquele momento, por exemplo, você pode salvá-lo e acessá-lo na aba “Itens salvos”, que fica na barra superior do aplicativo e no canto superior esquerdo da rede social no desktop. Você também pode compartilhar o anúncio na sua ou na linha do tempo de um amigo, em uma página ou pelo Messenger.

Os anúncios dos produtos contam com uma ou mais fotos e uma breve descrição. Todos contam com um botão “Pedir detalhes”, que permite os usuários entrarem em contato pelo Messenger com os vendedores para conversarem sobre o produto, negociarem e combinarem o pagamento e a entrega do mesmo. Para descontentamento de alguns, a ferramenta ainda não possui plataforma de pagamento, ou seja, a transação financeira deve ser acordada entre vendedor e comprador e realizada fora da rede social. A vantagem dessa ausência de recurso é que não são cobradas taxas do Facebook para realização do anúncio e das vendas.

Como vender no Facebook Marketplace?

Se você deseja anunciar nessa plataforma, pode ficar tranquilo que também é muito simples. Seja na barra superior do aplicativo ou no canto superior esquerdo do desktop, você vai encontrar o botão “vender um item”. Após clicar nele, um pequeno formulário no qual você deve descrever o que está vendendo, o preço, a localização, a categoria e uma descrição, onde você pode colocar, por exemplo, as opções de pagamento e de entrega do produto. Todos os anúncios deverão conter uma foto, pelo menos. Após clicar em “Publicar”, você será redirecionado para uma nova página, onde escolherá se o seu anúncio deve ser publicado somente no MarketPlace – é importante ressaltar que, neste caso, ele ficará visível para todos, incluindo quem não é seu amigo – ou também no seu perfil, sendo que você poderá escolher a privacidade. Por último, o seu anúncio será enviado para análise do Facebook. Para anúncios recusados, há a opção de contestar a decisão.

Vale ressaltar que o Facebook Marketplace segue os Padrões de Comunidade e as Políticas de Comércio da rede social de Mark Zuckerberg. Qualquer anúncio que violar tais regras será recusado. Entre as diretrizes orientadas pelos dois regulamentos, estão proibidos os anúncios de:

  • Animais selvagens ou de estimação;
  • Armas, munições e explosivos;
  • Bebidas alcóolicas;
  • Drogas ilegais, prescritas ou recreativas;
  • Itens de saúde, como dispositivos médicos, produtos para abandono do tabagismo contendo nicotina, partes ou fluidos corporais, ou publicações que contenham imagens de “antes e depois”;
  • Moeda falsa, virtual ou real;
  • Ofertas fraudulentas, enganosas, ilusórias ou ofensivas;
  • Produtos com posicionamento de forma sexualizada, seja de forma extrema ou sugestiva;
  • Produtos com tabaco e itens relacionados;
  • Produtos ou serviços voltados para público adulto;
  • Produtos que infrinjam ou violem os direitos de propriedade intelectual de terceiros;
  • Produtos que promovam a venda de conteúdo digital disponível para baixar ou assinar, além de contas e dispositivos eletrônicos, mídias ou contas digitais que facilitem ou incentivem transmissões de conteúdo digital sem autorização;
  • Serviços de apostas online, loterias, jogos de azar ou qualquer tipo de que valha dinheiro real;
  • Suplementos com algum risco definido pelos critérios do Facebook;
  • Sem fins comerciais, como a promoção de notícias e de humor.

Além dessas regras, o Facebook também restringe a venda de eventos, ingressos e serviços no MarketPlace, sendo estes disponíveis apenas aos produtos comerciais do Facebook e do Instagram.

Posso usar o Facebook Marketplace para promover os produtos do meu negócio?

A publicação no Marketplace por páginas ou o impulsionamento de anúncios de produtos nessa ferramenta ainda não estão disponíveis. Pode ser que, em breve, esses recursos estejam disponíveis. Porém, por enquanto, é indicado que as marcas continuem ou passem a investir nas lojas virtuais das páginas, nas campanhas pelo Gerenciador de Anúncios e/ou no Instagram Shopping. Porém, você pode testar anunciar os produtos da sua empresa lá, usando o seu próprio perfil, o de um funcionário ou de uma persona criada para representar sua empresa. Aproveite para analisar em quais plataformas você obteve melhores resultados e divida conosco. Vamos adorar ouvir sua experiência!

Gostaram desse artigo sobre o Facebook Marketplace? Esperamos que sim! É sempre bom ter você aqui. Em caso de qualquer dúvida, você pode entrar em contato conosco por aqui ou pelas nossas redes sociais, como o Facebook, Linkedin ou o Instagram. Obrigada pela leitura e até a próxima!


Gostou deste artigo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais notícias!

Artigos Relacionados