A importância do Marketing B2B

A importância do markering B2B

A importância do Marketing B2B

Geralmente, o marketing é pensado da empresa para o cliente. Essa segmentação é conhecida como B2C, que significa business to consumer (negócios para o consumidor, em tradução livre). Nesse caso, as ações do marketing B2C são direcionadas para o consumidor final, por isso são mais vistas e percebidas. Porém, o que poucos sabem é que também existe o marketing B2B, de empresas para empresas. Vamos falar sobre isso no post de hoje!

Marketing B2B significa business-to-business (negócios para negócios, em tradução literal) e é a estratégia que visa promover produtos ou serviços diretamente de empresa para empresa, sem passar necessariamente ao consumidor final.

Nesse tipo de segmentação de marketing, uma das principais características é que diversas funções atuam durante todas as etapas do processo de compra e venda do produto oferecido. Ou seja, ao contrário do marketing B2C, no qual, geralmente, a equipe de marketing e vendas são as principais responsáveis para atingir os compradores, no marketing B2B existe a equipe de marketing e vendas e diversos outros “tomadores de decisão”, que influenciam direta ou indiretamente todas as fases da estratégia de venda.

Dessa forma, o marketing voltado à negócios sofre diversos tipos de influências, em maior quantidade do que o marketing voltado ao consumidor, tendo todo o seu processo de venda mais longo e complexo.

A importância do gerenciamento de leads no Marketing B2B

No marketing B2B, deve-se dar a devida atenção à geração de leads de qualidade, à todos os processos de venda e, obviamente, nas entregas dos produtos ou serviços dentro do prazo combinado com a empresa compradora. Assim como no marketing B2C, cada vez mais o processo pós-venda é importante, principalmente porque no caso do marketing para empresas, as vendas costumam ter um ciclo, repetindo-se. Mapear o nível de satisfação de cada cliente e alinhar com eles as expectativas em relação ao que foi vendido é fundamental.

No marketing B2B, um dos principais desafios é mostrar aos clientes como fazer boas escolhas, além de mostrá-los as características diferenciais do seu produto ou serviço. Assim, você consegue gerar leads mais qualificados dentro do seu funil de vendas.

Lembre-se que além de gerar os leads, é muito importante tratá-los por completo. É necessário gerar, nutrir e relacionar-se com cada lead de forma inteligente para que consiga atingi-los e fidelizá-los de forma eficiente.

Estratégias do Marketing B2B

Vimos que o marketing voltado a negócios é bem diferente do marketing voltado ao consumidor. Com maior complexidade e diferentes formas de atingir os compradores e vender, reunimos as principais dicas para quem está começando no segmento B2B:

  1. Dê o maior número de informações dos seus produtos ou serviços para o cliente. O marketing B2B possui alta concorrência. Por isso, mostre os seus diferenciais para que os clientes saibam que o seu produto é o melhor em relação aos concorrentes.
  2. Conheça bem a sua concorrência. Saiba seus pontos fortes e fracos e compare seus produtos com os deles.  Dessa forma, você saberá seus diferenciais e possíveis melhorias, o que é essencial para captar novos compradores e não perder os atuais para possíveis concorrentes.
  3.  Faça marketing de conteúdo! Esse tipo de estratégia funciona tanto para marketing B2C como para B2B. Crie materiais (e-books, whitepapers, infográficos, entre outros) para o seu público e distribua por seus canais digitais, como site, blog, e-mail marketing e redes sociais.
  4. Construir e manter um bom relacionamento com o cliente é essencial. Invista em uma equipe de relacionamento online, por e-mail e redes sociais. Quanto mais eficiente, maior a satisfação do futuro e atual comprador. Além disso, em meios digitais é mais fácil e rápido saber qual o nível de satisfação do cliente em relação aos seus produtos ou serviços.

 

Para um bom marketing B2B, é necessário conhecer muito bem os seus clientes. Lembre-se que esse tipo de estratégia tem como alvo outras empresas. Por isso, organize e pense bem seus objetivos e ações.


Gostou deste artigo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais notícias!

 

 

Artigos Relacionados