Como anda sua inteligência emocional no trabalho?

Profissional calmo enquanto seus colegas de trabalho discutem.

Como anda sua inteligência emocional no trabalho?

Você provavelmente já ouviu falar, ou até mesmo já fez um teste para medir seu Q.I (quoeficiente de inteligência).

Muita gente relaciona esse tipo de inteligência a garantia de sucesso profissional, mas existem vários outros tipos de inteligência, e uma delas é considerada por muitos uma das chaves indispensáveis para o sucesso profissional: a inteligência emocional. Psicólogos estimam que apenas cerca de 10% do sucesso se deve ao QI, e o resto a outros fatores, entre eles, a inteligência emocional (IE).

Um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar com mais facilidade o que, em seu campo emocional, pode estar atrapalhando suas decisões e tem a capacidade de administrar esses sentimentos de forma que eles não atrapalhem seus objetivos. Dessa forma, indivíduos emocionalmente inteligentes canalizam suas emoções para facilitar a conquista de suas metas. Esse é o motivo de muitas empresas, hoje em dia, usarem testes de IE em processos seletivos.

Ficou curioso e quer saber se você é emocionalmente inteligente? Algumas características típicas de profissionais que sabem administrar seus sentimentos são:

  • Conhecer seu lado frágil

Conhecer suas forças e fraquezas ajuda você a controlar melhor seus sentimentos, impedindo que suas fraquezas o atrapalhem.

  • Não se ofender facilmente

Ter autoconfiança faz com que você seja uma pessoa difícil de se deixar abalar.

  • Não cultivar rancores

Guardar rancor é um ingrediente para o estresse, quem domina os próprios sentimentos consegue fugir desses gatilhos para o mal-estar.

  • Ser generoso

Oferecer e não esperar nada em troca é uma característica típica de quem tem inteligência emocional.

  • Não buscar a perfeição

Entender que a perfeição não existe é reconhecer a inevitabilidade de alguns problemas e saber seguir em frente quando eles acontecem.

Nem sempre nascemos com este controle emocional, mas podemos aprender e desenvolver esta habilidade. Existem programas chamados SEL (Social and Emotional Learning – Aprendizado Social e Emocional) que utilizam exercícios para desenvolver a IE.


Gostou deste artigo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais notícias!

Artigos Relacionados

ARTIGOS MAIS LIDOS