O que são os estudos futuristas e qual o papel do Brasil

Apesar de possuir extrema importância, muitos ainda não compreendem o que são os estudos futuristas. Saiba mais sobre o assunto no artigo de hoje.

O que são os estudos futuristas e qual o papel do Brasil

Já mencionamos anteriormente que o acelerado avanço da tecnologia e das ciências faz com que mudanças em diversas áreas da sociedade aconteçam com muita rapidez. Não há como adivinharmos o que vai acontecer nos próximos anos. No entanto, este é um desafio para alguns profissionais, denominados futuristas.

Apesar de o futurismo ser recente no Brasil, esse tipo de estudo já desempenha uma significativa importância para o país. No entanto, muitos ainda não compreendem esse campo de estudo.

Antes de aprofundarmos sobre o futurismo, é preciso entender o que fazem os profissionais que seguem esse campo de estudo.

O que fazem os futuristas?

De acordo com Daniela Klaiman, futurista e consultora de comportamento e tendências do consumidor, os futuristas fazem uma criação de cenários futuros a partir de uma análise que tem como referência estudos atuais. “Os estudos atuais levarão os futuristas a criarem possíveis panoramas do que acontecerá no futuro”, explica Daniela.

Pode-se dizer então, que os futuristas apoiam uma abordagem pluralista e visionária, consequentemente abrindo território para visualização e criação de futuros alternativos e preferenciais.

Agora que já te explicamos o que os futuristas fazem, continue a leitura e aprofunde seus conhecimentos no assunto.

Principais futuristas que se destacam no mercado

Segundo Gil Giardelli, professor de MBA e fundador da 5era e da Pluginbot, podemos destacar alguns nomes que valem a pena destacarmos quando o assunto são futuristas. São eles:

Xavier Leclerc, Co-fundador da MOX Digital, curador e diretor de vendas do .Futuro|Rio, e coordenador da Comissão Digital da Câmara de Comércio França-Brasil; Olivier Mourier, fundador e chefe de comunicação e operações da MOX Digital; Camila Ghattas, futurologista e Co-fundadora da Foreseekers; Conrado Schlochauer, fundador da Teya; Rosa Alegria, futurista e CEO do Projeto Millenium- Brasil; Gabriel Bicharra, Gerente de Indústria Criativa da FIRJAN; Lala Deheinzelin, futurista especialista em novas economias, e Tiago Mattos , futurista fundador da Aerolito.

Estudos Futuristas na visão de profissionais

De acordo com a World Futures Studies Federation (WFSF), os estudos futuristas são um campo de pesquisa científica que envolve acadêmicos e pesquisadores em várias disciplinas.

Profissionais da área também afirmam que esse tipo de estudo possui um viés empreendedor voltado ao negócio.

Um fato curioso é que, na visão desses profissionais, esse campo de estudo deverá ser ensinado em todas as escolas e universidades como um meio de “formar profissionais para a vida”.

“A escola deve ensinar o ser humano a lidar com informações, pensar cenários futuros e suas implicações”, defende Daniela.

Atualmente, existem no Brasil algumas instituições que adotam os estudos futuristas. São elas o Núcleo de Estudos do Futuro do Brasil, ligado à PUC-SP; o ProFuturo da FEA USP, e o Geopi Unicamp.

 

Esperamos ter ajudado no esclarecimento dos estudos futuristas e sua relevância para o país!

Para aqueles que desejam aprofundar ainda mais seus conhecimentos sobre o  tema, nos dias 5 e 6 de Junho, a 3ª edição do .Futuro|Rio reunirá profissionais e executivos de empresas e instituições públicas e privadas, no Aqwa Corporate, em um evento exclusivo no Rio de Janeiro sobre A Humanidade Aumentada.

O dia 5, será uma conferência B2B dedicada à análise do impacto da tecnologia nas empresas e no mundo. Já o dia 6, será será dedicado à workshops sobre o tema. Clientes e parceiros Aporama ganham  20% de desconto no ingresso!

Caso tenha interesse, confira alguns livros com abordagens futuristas recomendados pela nossa redação.

Para continuar recebendo dicas e novidades sobre o tema , acompanhe nosso blog (toda semana tem post novo!). Veja também nosso conteúdo no Instagram, Facebook e Linkedin. Você pode também assinar nosso feed de notícias para ler com seu leitor preferido. Se preferir receber as notícias direto na sua caixa de e-mails, é só assinar nossa newsletter. Agradecemos a leitura!

Artigos Relacionados