Evolução digital e a visão dos líderes para 2021

Evolução digital e a visão dos líderes para 2021

O ano de 2020 nos desafiou do ponto de vista científico e também na visão dos líderes. Foram muitas mudanças na maneira de trabalhar e nos relacionar, o que evidenciou a importância da evolução digital para manter-se ativo e sobreviver.

Observou-se um aumento expressivo na procura por soluções na nuvem (Cloud Computing) e ferramentas digitais,  possibilitando o trabalho remoto, o ensino a distância e a prática de atividades físicas e entretenimento. 

Houve ainda alguns avanços importantes, como a implantação de chips em animais que prometem aumentar a capacidade cerebral e o progresso no desenvolvimento de carros autônomos.

Apesar de 2021 estar começando, líderes importantes compartilharam suas reflexões e expectativas para o novo ano. Continue lendo e confira a visão dos líderes sobre a evolução digital!

Qual a visão dos líderes sobre evolução digital?

Veja o que grandes líderes e influenciadores pensam sobre a evolução digital!

Bill Gates

Bill Gates sempre foi um líder muito influente e conseguiu fazer previsões incrivelmente precisas ao longo das últimas décadas.

Há 25 anos, por exemplo, ele previu que existiriam transmissões online de vídeo através de pequenos dispositivos nos computadores. Hoje em dia, chamamos isso de videoconferência, e ela faz parte da vida de muitos profissionais.

Para 2021, Bill Gates afirma que as ferramentas de comunicação ficarão muito maiores, havendo mais qualidade durante as chamadas, sem ruídos ou quebra de áudio.

O líder também afirma que haverá um aumento nas telas, ocupando uma parede inteira.

Ele ainda fala da possibilidade de utilizarmos óculos de realidade virtual para controlar telas que ocuparão todo o campo de visão. Já pensou?!

Marc Linster

Marc Linster é CTO da EDB, empresa referência na área de gerenciamento de banco de dados, e trabalha há mais de 20 anos na área da tecnologia.

Para 2021, a sua previsão de evolução digital está relacionada com a colaboração virtual.

Linster afirma que o trabalho remoto tornou-se uma realidade e que as empresas devem trabalhar para oferecer a combinação certa de ferramentas de apoio para os seus colaboradores que atuam nesse regime, como:

  • armazenamento na nuvem,
  • ferramentas de controle de tarefas,
  • plataformas de videoconferências.

Ele ainda frisa que essa medida é essencial para garantir a produtividade da equipe, possibilitando a comunicação com todos os membros.

Vale ressaltar que essa previsão foi dada para a sua área de atuação, mas cabe muito bem para diferentes segmentos.

Kim Gilbert

Kim Gilbert é PhD e gerente técnico da Beyond Limits, empresa especializada em Inteligência Artificial.

A sua previsão para 2021 é a evolução digital a partir das tecnologias de IA cognitivas, área que terá grande crescimento e melhoria nos próximos anos, tornando-se mais inteligentes e ágeis.

Gilbert ainda frisa que essa tecnologia será aplicada em diferentes segmentos, uma vez que os sistemas irão aprender através das interações.

As IA ainda poderão identificar se os gestores implementaram ou recusaram suas sugestões, além de analisar se as suas ações recomendadas realmente tiveram o impacto desejado.

Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares é CEO e cofundadora da nossa agência. Com mais de 13 anos de experiência no mercado de marketing, comunicação e indústria da mídia. Realiza palestras e consultorias de marketing digital, além de ser Conselheira na Câmara de Comércio França-Brasil e doutoranda, realizando pesquisas na área de transformação digital pela FGV.

Ana Paula acompanha de perto a evolução digital e acredita que este ano será marcado pelo crescimento significativo do investimento em marketing digital.

Segundo a pesquisa Estratégias de Marketing Digital para 2021, da Adaction, empresa especializada nesse segmento, 76% das companhias pretendem ampliar os seus investimentos em marketing digital em 2021 e até 2023 mais de 60% do orçamento em publicidade deve ser alocado para o ambiente online.

Isso se dá pelo aumento no consumo virtual. Segundo o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade de Informação, cerca de 60% dos brasileiros compram pela Internet.

Ana Paula afirma que a chave para acompanhar a evolução digital é através do posicionamento de marca com canais relevantes e conteúdo segmentado para a empresa. Segundo ela, “hoje, o Brasil é o 7º mercado do mundo em marketing digital movimentando cerca de US$ 18 bilhões em publicidade online e esse número tende a aumentar exponencialmente”.

Gostou do post? Então que tal nos seguir no Instagram para ficar por dentro das tendências e da evolução digital de 2021?